segunda-feira, 26 de julho de 2010

A caixa

Não me refiro ao filme de mesmo de mesmo nome com Cameron Diaz. Me refiro à caixa que precisava fazer sem ter a menor noção do gosto de quem ganharia a caixa de presente.

Aqui está:

Por dentro é desse mesmo magenta, mas sem pátina. A cliente pediu mas eu faria mesmo assim: coloquei figuras dentro também. Ficou bem interessante. E eu juro: ao vivo é mais bonita.

3 comentários:

Martini Bianco disse...

Ainda assim é bem interessante. Gostei :)

graziela disse...

Oh, que bom!

O que eu faço vai na contramão, é um pouco diferente do que costumo ver por aqui. As artesãs que conheço, encontrariam um monte de defeitos! Mas eu sobrevivo... Nos meus trabalhos, valorizo mais o conceito do que a perfeição. Claro que não abro mão do capricho, e cada caixa é feita de acordo com o gosto do cliente e com o meu traço, é claro. Esse é o verdadeiro efeito que a mão confere.

Acho que atingi um certo segmento do mercado, bem específico. :D

Velazquez disse...

Adorei! Se fica mais bonita ao vivo e a cores, então atingiu à perfeição! Assim como posso ver, ficou maravilhosa!