quinta-feira, 29 de julho de 2010

Cada coisa no seu lugar.

Tenho uma seleção boa de imagens de crafter-rooms no forno. Só antes, preciso classificar, para postar somente aquelas que sei de onde tirei, para poder dar os créditos.

Desque que me entendo por gente/artesã/bagunceira/inquieta, tenho um crafter-room. Depois que minha filha nasceu, isso não foi mais possível. Agora tenho telas incabadas na sala. Na cozinha, material de pintura em madeira e tela, e papéis de aquarela. No quarto, toda a parafernália de costura, máquina, retalhos... Não está exatamente bagunçado, mas está longe do ideal.

Já contei aqui que revesti um armário com páginas de um livro velho. Era um armário de cozinha (charmosinho) e está no quarto, cheinho, do verbo abarrotado, de tecidos e tecidinhos. Do xadrez ao liberty, tudo lá dentro.

Ainda consigo manter certa ordem, com muita, mas muita, disciplina. E aos poucos vou encontrando outras maneiras de guardar sem que fique difícil de pegar depois.

Sonho com um lugar só para esse tipo de material, uma mesa grande e alta, luminária, cabide para dar um charme (pois não tem a menor utilidade), espelho, e muitas divisórias e etiquetas. Minha cabeça fervilha de ideias quando penso nisso.

Só não encontrei ainda uma boa alternativa para guardar telas sem ser na parede. Por enquanto, ainda olho para elas, vejo defeitos, imagino outras formas. Mas há de existir uma maneira.

Se alguém tiver alguma ideia, por favor, me diga, mande foto, sinal de fumaça, código morse...

4 comentários:

•SunSamadhi• disse...

posta foto do seu armário poxa, deixe sua criatividade inspirar as pessoas! preciso! bjs querida.

Princess Deluxxe disse...

não tenha talento artesanal algum... mas sempre quis ter um estúdio. um lugar pra coisas, mas tb um lugar pra ficar sozinha. agora, certamente um lugar pra dançar sozinha.
=)

tudo q vc faz fica uma graça!
bjossss

graziela disse...

Sun, vou postar sim. Assim que me entender com a máquina, do verbo assim que jogá-la na parede e ela voltar a funcionar.

Princess, acaba sendo um refúgio. É muito bom! Ah, e obrigada.

graziela disse...

Eu disse cabide, querendo dizer maneguim.